a Jornada do Herói - 3º Passo: recusa ao chamado (relutância a mudança)

March 1, 2017

A jornada começa com a conscientização de nossas comportamentos e das emoções que o desencadeiam, você pode estar consciente de que algo precisa mudar mas ainda reluta em fazer a mudança.

 

Muito dos nossos comportamentos são reações as emoções, mas as emoções são distintas dos comportamentos, então para assumir o controle é necessário identificar as emoções por trás do comportamento.

 

Aqui ajuda muito ter o que se chama um “estilo cognitivo positivo”: ser capaz de uma abordagem otimista, proativa, da situação. Buscar conscientemente e enxergar as vantagens do novo. O primeiro requisito é tornar-se ciente dos seus sentimentos, para então poder agir sobre eles.

 

Tudo que você faz é um meio para um fim e esse fim é a satisfação de um valor. Você faz o que faz para se mover "em direção a" a sensações ou valores prazerosos. Ou para “se afastar ou evitar” valores dolorosos.

 

Valores não são puramente "em direção a" ou "afastando-se de" – existe um pouco de cada um por trás de tudo que nós fazemos. Por exemplo: você lava o seu rosto de manhã porque quer se sentir e parecer limpo e/ou porque você não quer que as outras pessoas pensem mal de você por não estar parecendo limpo.

- Poucas pessoas têm alguma consciência dos seus valores. Elas estão no piloto automático.

-  maior parte dos nossos valores foi estabelecida muitos anos atrás. Muitos foram construídos quando éramos crianças.

- Normalmente nós temos apenas uma maneira para satisfazer um valor. No entanto, existem centenas de maneiras para satisfazer esse valor mas não foram exploradas.

- Alguns valores são mais importantes do que outros e, de novo, essa classificação de valores é, provavelmente, tanto obsoleta como inconsciente. Em consequência, podemos gastar muito tempo, energia e dinheiro tentando satisfazer um valor que tenha relativamente pouca importância, enquanto ignoramos outros muito mais elevados na nossa lista. Isso é um fenômeno muito comum.

 

Conhecer seus valores permite que você:

- Tenha mais controle das suas ações e emoções.

- Tome melhores decisões, visto que você terá uma maior consciência do que realmente é importante para você.

- Identifique o que precisa fazer para se sentir bem.

- Encontre muitas maneiras diferentes de satisfazer os seus valores – ao invés de fazer sempre a mesma coisa.

 

 

 

Faça disso uma lista completa. Uma vez eu fiz uma experiência para ver quantas palavras relacionadas a valor podia encontrar no dicionário. Descobri cerca de mil valores "em direção a" e "afastando-se de".

Valores "em direção a" comuns incluem: amar, confiança, sucesso, saudável, estimulado, excitado, pacífico, calmo, divertido, bem-humorado, relaxado, etc.

Valores "afastando-se de" comuns incluem: raiva, depressão, preocupação, insegurança, perda, aborrecimento, culpa, mágoa, solidão, etc.

 

Importante

Os valores devem ser sensações que você possa atingir sozinho, sem exigir que os outros se comportem de uma maneira particular. Então "amado" não é um valor. É um objetivo ou um desejo – porque ele precisa que a outra pessoa se comporte de uma certa maneira. Entretanto "amável" é um valor porque você pode se sentir amável, sem que as outras pessoas se comportem de uma forma diferente.

 

Ação: passo 2

Agora pegue a sua lista de comportamentos que não gosta e que precisa mudar, você já sabe a emoção relacionada e que desencadeia este comportamento crie a sua hierarquia de valores

Exemplo: Comportamento: não gosto de perder o controle e falar alto / Emoção por trás: raiva, impotência / Valor “em direção a”:  reconhecimento. Valor “se afastar de”: impotência, exclusão.

Verifique o valor que tem o maior relevância para você  agora, no exemplo acima verificamos 3 valores, então é importante colocar na ordem de importância para você. Por exemplo 1º reconhecimento, 2º exclusão, 3º impotência.

 

Flexibilidade com os valores

Você teve a maioria dos seus valores por um longo tempo. Eles, no fundo, guiaram em silêncio as suas ações desde que você era jovem. Eles são familiares, confortáveis –, mas serão relevantes? Ou estão um pouco, ou, quem sabe, muito desatualizados?

A primeira habilidade para ser capaz de ser flexível com os valores é atualizá-los.

 

Estarão os seus valores desatualizados?

Valor desatualizado significa que é um valor inadequado para a sua vida de hoje.

 

Vejamos nosso exemplo: ser reconhecido através de um comportamento agressivo pode não ser adequado na fase adulta, pode ter funcionado de alguma forma na infância. Se afastar da sensação de impotência através de um comportamento agressivo, também não é adequado, podendo ser substituído por valores como: Ser persuasivo, empático, etc.

 

Motivação para a mudança


A principal coisa a ser lembrada é que sua escala de valores cria a vida que você vive.
Você não tem de adotar a programação que recebeu quando era uma criança pequena. Fazer mudanças requer um esforço persistente e frequentemente coragem, mas vale a pena.
Você pode escolher seus próprios valores.


“ O que importa é: ser capaz de, a qualquer momento, sacrificar o que você é pelo que você pode se tornar.” Charles Du Bos

 

Propósito de Vida
A Vida tem um propósito, mesmo que não estejamos conscientes dele.
Cada um tem um propósito, mesmo que não esteja consciente dele.
Viver sem propósito é como andar sem rumo, sem um destino.
O Propósito de Vida é a bússola que nos aponta o caminho a seguir

É importante fazer esse exercício uma vez e depois manter o papel e verificar periodicamente se você focando seus esforços na sua escala ou se está desvirtuando sua hierarquia, como por exemplo, quer mais dinheiro, mas está procrastinando por algum outro valor, como a zona de conforto.

 

Use um pequeno cartão para você carregar todo dia. Lembre-se dos comportamentos que não são mais úteis e daqueles que você agora está começando a implementar.

É isso aí. Esse processo contínuo funciona poderosamente, pois você o está usando três, quatro ou cinco vezes por dia, mas não está fazendo dele uma obrigação enorme. Você está simplesmente lembrando-se de manter o rumo e que os seus valores são importantes para você.

 

Fonte:

•Reg Connolly é Trainer Certificado e Master Practitioner de PNL, treinador de administração e de vendas.

Esse artigo está no site Pegasus NLP Training (link is external) com os títulos "NLP & Values1" (link is external) e "NLP & Values 2" (link is external)

Tradução JVF, direitos da tradução reservados.

•http://www.simoneelhage.com.br/hierarquia-de-valores/

•http://cuidar-do-ser.webnode.com.br/news/sete-niveis-de-consciencia/

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

O Governo estabeceu o cronograma de modernização e atualização da legislação de saúde e segurança. Confira as principais alterações das NR1, NR2 e NR1...

August 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 14, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags