O que tem mais valor para você?

November 13, 2014

 

Em muitos momentos de nossa vida, podemos não estar muito atentos a nós mesmos, e vamos deixando as circunstâncias ditar nosso dia a dia.

No corre-corre da vida podemos de repente estar tendo um consumo de bebidas a mais do que seria “social”, seja por conta do “círculo atual de amigos”, ou do stress, dos conflitos emocionais, são n as coisas que podem nos envolver e se não tivermos atentos

podemos passar a utilizar o álcool como escapatória. E sem se dar conta você esta dependente.

Faça o teste para ver como está o seu perfil no consumo do álcool. A seguir temos um plano de 06 etapas para modificar os seus hábitos, mesmo que você não tem um perfil de consumo excessivo do álcool leia este plano para poder orientar alguém próximo, ou para algum outro habito que queira mudar (P.ex: comer demais).

Plano em seis etapas para modificar os seus hábitos de consumo de bebidas alcoólicas. 

1. Identifique boas razões para mudar os seus hábitos de beber.

Procurar boas razões para mudar os seus hábitos constitui uma excelente forma para conseguir mudar seus hábitos. Há boas razões para que mude os seus hábitos, como por exemplo:

  • Terá mais tempo para outras atividades;

  • Poupará dinheiro;

  • Sentir-se-á mais feliz;

  • Terá mais energia;

  • Perderá peso;

  • Dormirá melhor;

  • Discutirá menos com as pessoas;

  • Terá menos risco de os seus filhos serem bebedores excessivos.

2. Estabeleça metas em relação aos consumos.

Conte com a ajuda do seu médico para fazê-lo.

Ter um plano para reduzir as bebidas implica estabelecer metas. Deverá escolher um dia para começar o seu plano e definir metas dos seus consumos. O passo seguinte é registrar o que consumiu e verificar se foi capaz de não ultrapassar os limites que definiu para cada dia da semana.

3. Reconheça os momentos difíceis.
Apesar de ter vontade de mudar os seus hábitos alcoólicos, encontrará momentos mais difíceis que outros. Correspondem a momentos de alto risco.

Alguns exemplos de momentos de alto risco são:

  • Após o trabalho;

  • Quando conhece novas pessoas em encontros sociais;

  • Quando sai para uma festa ou uma discoteca;

  • Quando tem um dia difícil no trabalho;

  • Quando quer relaxar;

  • Quando tem situações de conflito no trabalho;

  • Quando tem situações de conflito familiar;

  • Quando se sente só e está triste.

4. Lide e ultrapasse os momentos difíceis.

  • Evite ir a cafés/bares quando sair do trabalho;

  • Procure arranjar outras atividades sociais;

  • Evite estar com amigos que bebam em excesso;

  • Evite situações em que possa beber demais;

  • Se estiver aborrecido ou enervado, faça exercício físico ou vá dar um passeio;

  • Não beba bebidas alcoólicas para matar a sede;

  • Evite alimentos salgados;

  • Coma antes de beber;

  • Beba uma bebida sem álcool em alternativa a uma bebida alcoólica;

  • Aprenda a pedir bebidas como sumos ou água;

  • Tenha presente que se sentirá mais saudável se reduzir os seus consumos;

  • Beba em pequenos tragos;

  • Evite beber em rodadas;

  • Aprenda a não aceitar bebidas alcoólicas.

Desta forma será mais fácil, quando estiver perante estas situações, recordar as soluções que encontrou para lidar com elas.

5. Procure alguém que o ajude e lhe dê suporte.

Este plano tem como finalidade ajudá-lo a mudar os seus hábitos de consumo de bebidas alcoólicas. Algumas pessoas acham que é mais fácil conseguir este objetivo se tiverem alguém que os ajude.

Essa pessoa pode ser o companheiro/a ou alguém no trabalho que também queira mudar os seus hábitos.

Essa pessoa deve ser alguém com quem possa falar facilmente, ser honesto e a quem pode pedir um conselho se necessitar.

Se estiver muito preocupado com os efeitos das bebidas alcoólicas na sua saúde e se tem a noção que bebe demais, procure o seu médico ou outro profissional de saúde, que o pode aconselhar sobre a melhor forma de ultrapassar este problema.

6. Não desista dos seus objetivos.

Toda esta informação tem a finalidade de ajudá-lo neste propósito:

  • Não abandone o seu objetivo;

  • Se esforçar papa mudar os seus hábitos, acabará por conseguir;

  • Se reduzir os consumos lhe parece mais complicado do que pensava, fale com o seu médico. Ele ajudará a encontrar outras soluções;

Se necessitar de mais ajuda existem serviços especializados para o efeito.

 

Please reload

Posts Em Destaque

O Governo estabeceu o cronograma de modernização e atualização da legislação de saúde e segurança. Confira as principais alterações das NR1, NR2 e NR1...

August 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 14, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags